Foto: Reprodução

Uma professora casada de Medellín, Colômbia, foi presa após acusações de que transava com alunos menores de idade e, em troca, dava notas boas a eles. O crime foi descoberto após um dos pais ter visto os textos e as imagens trocados entre ela e o filho. Ao perceber do que se tratava, denunciou a docente à polícia.

Segundo a emissora Canal 4, a professora utilizava uma tática para atrair os alunos, que tinham entre 16 e 17 anos. Nas redes sociais, ela adicionava os estudantes como amigos e, em seguida, pedia o telefone deles. Momentos depois, dizia que ia “ajudá-los com os estudos”.

Por meio do WhatsApp, a professora mandava fotos apenas de calcinha e sutiã ou biquíni. Algumas vezes, ela cobria as partes íntimas  com as mãos ou bichinhos de pelúcia.

 

Após a denúncia, vários alunos resolveram falar sobre o caso e postaram a seguinte mensagem nas redes sociais: “Essa é a professora Yokasta. Ela nos disse que nos reprovaria se não tivéssemos relações com elas”. Além do texto, publicaram fotos da docente. Yokasta está presa, e o marido dela já pediu o divórcio. A escola não se pronunciou sobre o caso.

Foto: Reprodução/Divulgação