Sede da Polícia Federal em Natal (Foto: Divulgação/PF)

A Polícia Federal prendeu nesta quinta-feira (5), na Zona Sul de Natal, uma comerciante paulista, de 44 anos, em cumprimento a um mandado judicial expedido pela 6a Vara da Justiça Federal de São Paulo. A mulher foi presa dentro do estacionamento de uma faculdade pelo crime de subtração de autos judiciais, pelo qual foi condenada a 5 anos e 4 meses de reclusão.



Consta na sentença que, entre os anos de 2010 e 2012, a mulher e seu então marido, com o auxílio de funcionários terceirizados da Justiça Federal de São Paulo, roubaram autos judiciais referentes a execuções fiscais em desfavor de uma firma com sede na capital paulista. Segundo a PF, ela também recebeu pagamentos diversos para furtar os processos, e utilizou de contas abertas com documentação falsa para a obtenção de dinheiro ilícito.

A sentenciada se encontra sob custódia na Superintendência da PF, onde permanece à disposição da Justiça. A Polícia Federal não divulgou a identidade da mulher, nem deu mais detalhes sobre o caso.