Homem foi atingido por dois tiros (Foto: Eliandro Piva/RICTV Londrina)

Um homem de 40 anos foi morto a tiros na tarde desta quinta-feira (30) em Londrina, na região norte do Paraná. A vítima, identificada como José Vilmo Silvestre da Silva, buscava atendimento médico na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Jardim Sabará, e foi morta pelo Guarda Municipal da unidade.


De acordo com testemunhas, o paciente chegou ao posto de saúde bastante alterado, exigindo atendimento prioritário. Irritado com a demora, ameaçou agredir o médico e destratou os atendentes do local. Quando ele começou a depredar o o posto, o Guarda Municipal deu voz de prisão por desacato e, no momento que tentava algemar o homem, teve a arma de fogo roubada por ele.

O paciente fugiu da UPA e foi seguido pelo agente, que tentava recuperar a arma. Os dois lutaram e o homem efetuou três disparos contra o guarda, mas não acertou. O vigilante reagiu com uma segunda arma e disparou duas vezes contra o paciente, que morreu na hora.

O corpo foi recolhido pelo Instituto Médico Legal (IML) de Londrina e a Polícia Civil vai instaurar um inquérito para investigar o caso.

Foto: Eliandro Piva/RICTV Londrina