© WNC-TV/Reprodução

Uma mãe norte-americana se declarou como culpada da morte do filho de três anos, no início do ano. A criança congelou até a morte na varanda de casa, enquanto Jamie Basinger estava inconsciente, graças ao uso de drogas, dentro de casa, no condado de Morgangton.


A morte de Landyn ocorreu em 15 de março, um dia após o aniversário de três anos. O julgamento foi concluído nesta segunda-feira (11), na Corte de Burke, na Carolina do Norte, conforme anunciou a revista People, na noite desta terça (13).

Jamie Basinger foi sentenciada de 19 a 32 meses de prisão. A sentença, no entanto, foi transmutada para três anos de liberdade condicional, já que a mãe foi presa em abril e já cumpriu 245 dias, segundo o advogado dela, Frank Webster.

Conforme Webster, a cliente só voltará para cadeia se violar os termos da liberdade condicional. Basinger também seria declarada culpada pelo crime de abuso infantil, mas a acusação foi retirada em acordo feito na Justiça – de acordo com o News Herald. “[Jamie] não tem estado em após a morte de Landyn”, justificou o advogado.