Reprodução

pré-candidato ao governo do Estado do Rio de Janeiro, Antônio Pedro Índio da Costa (PSD-RJ), pretende privatizar o Carnaval carioca caso seja eleito. “O poder público não tem que colocar dinheiro nesse evento”, afirmou.


De acordo com a colunista Mônica Bergamo, Índio quer primeiro vai retirar a prefeitura da organização. “É um evento de várias cidades. Niterói, Nilópolis e Caxias, só para citar algumas”.

O político falou ainda sobre a existência de um projeto feito por Boni, ex-diretor da Globo, e pelos empresários Ricardo Amaral e Roberto Medina, criador do Rock in Rio. “Estive com o Medina há dez dias. O projeto é o empacotamento desse produto chamado Carnaval para vender para área privada”, revelou Índio da Costa.