Cadeia do Guanabara em Franca, SP (Foto: Adriano Oliveira/G1)

Um aposentado de 67 anos foi preso suspeito de se masturbar dentro de uma piscina utilizada por crianças durante um churrasco em Franca (SP) na tarde de quinta-feira (12).

O homem foi detido pela Polícia Militar e foi levado à Cadeia Pública do Jardim Guanabara depois de ser denunciado pelos pais de duas meninas de 6 e 8 anos que estavam na festa.



O suspeito participou de uma audiência de custódia e foi solto após conseguir liberdade provisória. Ele responderá por tentativa de satisfação de lascívia mediante presença de criança ou adolescente.

A suspeita

A confusão aconteceu no final da tarde em uma chácara localizada próxima à Rodovia Nelson Nogueira, estrada que liga Franca a Ribeirão Corrente (SP).

Um grupo de pessoas havia alugado a propriedade para passar o fim de semana. Segundo as informações registradas pela Polícia Civil, um vendedor de 32 anos, pai de uma das meninas, estranhou o comportamento do aposentado dentro da piscina, por estar próximo das crianças e com as mãos debaixo d’água.

Ele relatou que, ao se aproximar, sem que o homem percebesse, viu que o idoso se masturbava. Como reação, pediu para que sua filha e a outra menina que estava com ela saíssem da piscina.

De acordo com o boletim de ocorrência, o suspeito ainda saiu atrás das crianças e as chamou para entrar em um quarto, convite recusado pelas meninas.

Diante disso, os pais da criança acionaram a Polícia Militar e todos foram levados para o plantão da Polícia Civil.

Antes de ser levado para a cadeia, o idoso disse, em depoimento, que não se masturbou dentro da piscina e que não tem coragem de fazer nada com crianças.

O caso foi registrado como tentativa de lascívia mediante presença de criança ou adolescente.

Segundo apurou o G1 na cadeia do Jardim Guanabara, o idoso chegou a ser preso, mas foi liberado provisoriamente após uma audiência de custódia.