© iStock

Um militar do Exército é o principal suspeito de esfaquear um jovem, de 27 anos, durante uma festa de Natal em Belterra, na Região Metropolitana de Santarém, no Pará. A vítima teve a faca cravada nas costas. O rapaz conversava com amigos quando foi surpreendido pelo agressor.


“Me disseram que ele estava bem lá com os colegas se divertindo em uma festa e acabou que um rapaz veio com a faca a atingiu ele, parece que enganado com outra pessoa”, afirmou o irmão de Bruno Castro, Everson Castro, em entrevista ao G1.

O estado de saúde do homem é estável, mas ele deve passar por cirurgia para retirar a faca. A motivação do crime ainda não foi esclarecida pela polícia, que investigará o caso, além de localizar o suspeito.