No local, ainda é possível ver marcas do crime (Foto: Lidson Almeida/G1)

Marcelo Felix da Silva, de 36 anos, foi morto com um golpe de facão no rosto e um tiro após ir receber a dívida de uma motocicleta que havia vendido. O caso ocorreu na noite de domingo (24), no bairro Cidade do Povo, no Segundo Distrito de Rio Branco.



A vítima chegou a ser encaminhada ao Hospital de Urgência e Emergência (Huerb), mas não resistiu aos ferimentos, de acordo com a Polícia Militar. No local, testemunhas relataram à polícia que ouviram barulho de disparo de arma de fogo e, ao chegarem no local, a vítima já estava caída no chão.

A esposa da vítima, que não teve o nome divulgado, disse à polícia que Silva recebeu a ligação de uma pessoa dizendo que era para ele ir até o bairro buscar o dinheiro, mas a vítima acabou sendo morta. Moradores afirmam não ter visto nenhum suspeito do crime. O caso foi encaminhado para a Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

À equipe da Rede Amazônica Acre, a mãe de Silva disse que ele era uma pessoa tranquila e que ele se dava bem com todos na Cidade do Povo. Ela disse ainda que havia passado o dia com ele e saiu da casa pouco antes de o crime ocorrer.

“Ele estava muito feliz, estávamos eu e a filha dele na casa. Depois saímos e fomos informados de que ele tinha sido esfaqueado e levado para pro Pronto-Socorro. Ele já chegou lá morto. O que sabemos é que ele parece que tinha vendido uma moto e que o cara que comprou a moto deu fim no veículo e que não queria pagar, aí ligou pra ele e acabou matando ele”, falou.

Marcelo Felix da Silva, de 36 anos, foi morto com um golpe de facão no rosto (Foto: Facebook)
Marcelo Felix da Silva, de 36 anos, foi morto com um golpe de facão no rosto (Foto: Facebook)