Mulher agrediu o homem e chamou a polícia (Foto: Reprodução/Umuarama News)

Um homem de 21 anos foi preso em Campo Mourão, na região centro oeste do Paraná, acusado de abusar da enteada de 10 anos. O ato foi flagrado pela mãe da criança na tarde de sexta-feira (13). Ela agrediu o rapaz e chamou a polícia.



A mulher contou que saiu da residência com a filha caçula para ir até a casa da sogra e voltou depois de alguns minutos. Como entrou no imóvel em silêncio, ao chegar ao quarto do casal, viu o homem e a menina sem roupas e partiu para cima dele. “Ele colocou ela com as mãos na cama e tava atrás dela. Ele é um monstro, eu quero que ele morra. Nem Deus vai perdoar o que ele fez com a minha filha”, disse ela chorando.

A mãe contou ainda que, no momento em que foi flagrado, o homem começou a pedir perdão e implorava para que ela não chamasse a polícia. “Quando eu começei a bater nele, ele pegou uma faca para se defender. Daí eu gritei para os vizinhos chamarem a polícia”, afirmou.

De acordo com os policiais, a criança relatou que começou a ser abusada pelo padrasto há pouco mais de dois anos, depois do nascimento da filha mais nova do casal. O autor dizia para a enteada que, se ela contasse o que acontecia entre eles para alguém, ela ficaria sem a irmãzinha.

O homem foi encaminhado à 16ª Subdivisão Policial, em Campo Mourão. Na delegacia foi verificado que ele já responde por uma acusação de estupro contra outra enteada, uma menina de 12 anos, que teria acontecido no ano de 2014 em Maringá, na região noroeste.