© Divulgação/Polícia Civil

Depois de uma discussão por causa de um animal da família, um jovem de 23 anos matou a mãe de criação com um tiro de espingarda, na tarde desse sábado (9), em Porto Walter, no interior do Acre. Revoltado com a morte da mulher, o outro filho da vítima, identificada como Zilmar Vieira Melo, de 59 anos, matou o irmão, José Benedito Melo, 23, a facadas e fugiu.

Após a briga, o autor do primeiro crime atingiu a mãe com um disparo. Ela foi encaminhada ao hospital, da região, mas não resistiu aos ferimentos. “As primeiras informações que chegaram até nós é que teria acontecido essa discussão por causa de uma égua, algo assim, e acabou que o filho vitimou a mãe e, após isso, foi morto pelo irmão”, disse o delegado Lindomar Ventura, em entrevista ao G1.

O delegado ainda acrescentou que todas as informações foram repassadas ao judiciária, que decidirá se o rapaz agiu em legítima defesa depois de matar o irmão. “O fato é que estamos em busca do suspeito e, se ele for preso nas próximas horas, vamos realizar o procedimento de flagrante”, complementou.