Reprodução

Um suspeito de estuprar uma menina de 12 anos continua foragido da polícia. O abuso sexual foi cometido no sábado (10), quando a criança ia para a igreja, em Praia Grande, no litoral de São Paulo. O homem, que estava de bicicleta, obrigou a garota a aceitar uma carona até o templo. O agressor não deixou a vítima descer e a levou para uma construção abandonada, onde o crime foi consumado.


À polícia, a menina disse que implorou para que não fosse estuprada, mas o homem não obedeceu ao pedido. Ela também comentou que conseguiu fugir depois de o suspeito ter sido distraído.

A vítima correu para a igreja, onde faz aula de catequese e contou o caso à professora. A garota foi submetida a um exame de corpo de delito que comprovou a violência sexual.