© Pixabay

Os moradores de Pão de Açúcar, uma cidade de Alagoas, têm dividido os espaços públicos com uma verdadeira invasão de grilos. Apesar de curioso, o fato vem tirando a tranquilidade da cidade do interior alagoano, já que nem dentro dos imóveis é possível ficar longe dos insetos. Eles circulam livremente pelas calçadas, árvores, bancos e praças, incomodando os moradores com o barulho e a sujeira deixada.



“Além de incomodar no sentido pessoal, proporciona também muita sujeira e uma fedentina tamanha no ambiente doméstico”, declarou um dos moradores de Pão de Açúcar em entrevista à TV Alagoas.

A solução encontrada pelos habitantes da cidade tem sido cobrir as lâmpadas dos postes com sacolas, com o objetivo de deixar as ruas mais escuras e afastar os insetos. Nas residências, os inseticidas seriam utilizados de forma recorrente.

Para a bióloga ambiental Karla Cansanção, entrevistada pela reportagem, a infestação dos grilos é provocada pela mudança do clima e pelo desequilíbrio ambiental, causado pela escassez de sapos (predador natural dos grilos). “ Por invasão do homem no ambiente dos sapos ele estão indo para a estradas. Então os carros matam os sapos, quebrando aquele equilíbrio ecológico da cadeia alimentar”.

Apesar da bióloga afirmar que não existem relatos de transmissão de doenças causadas por grilos, a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente de Pão de Açúcar anunciou medidas para controlar a infestação do inseto, afastando a ideia de utilização de produtos químicos por questões ambientais. As lâmpadas brancas da cidade estão sendo trocadas por outras amarelas, como forma de afastar os insetos que gostam da luz.