Agências bancárias de Potengi ficaram destruídas após a ação de criminosos na madrugada desta sexta-feira. (Foto: William Guedes/Arquivo pessoal)

Moradores da cidade de Potengi, na Região do Cariri, amanhaceram assustados com a ação de uma quadrilha que explodiu dois bancosdurante a madrugada desta sexta-feira (29). Devido à ação dos criminosos, o município ficou sem serviços bancários e as ruas do entorno das agências estão sem energia elétrica desde as explosões.



Segundo a Polícia Militar, cerca de 20 homens participaram da ação. Eles explodiram as agências do Bradesco e do Banco do Brasil e depois fugiram levando o dinheiro. Os prédios onde funcionam os bancos foram isolados.

As agências ficaram completamente destruídas após o ataque. Moradores próximos dos bancos disseram que ouviram cinco grande explosões. Logo depois, a energia caiu e a as ruas ficaram às escuras.

Uma das moradoras, que preferiu não se identificar, disse que um dos carros usados pela quadrilha ficou próximo de sua casa. Ela contou que ficou com medo que os bandidos invadissem sua resiência. “A gente não sabe explicar porque na hora você nem lembra das coisas, só lembrei de rezar, só lembrei de meus filhos, da minha mae e do meu pai que já são idosos. Não tem explicação. Eu achei que eles iam entrar dentro de minha casa porque o carro deles ficou aí em frente. Faltou energia e teve um clarão dentro de casa. Fomos para o banheiro, eu meu esposo e meus filhos, e o forro começou a cair. Ficamos rezando, entregando a Deus, porque só Deus mesmo uma hora dessas para livrar”, disse uma moradora, que prefere não se identificar.

“Fomos para o banheiro, eu meu esposo e meus filhos, e o forro começou a cair. Ficamos rezando, entregando a Deus, porque só Deus mesmo uma hora dessas para livrar”, disse uma moradora

Quadrilha explodiu as agências e fugiu levando dinheiro. (Foto: William Guedes/Arquivo pessoal)
Quadrilha explodiu as agências e fugiu levando dinheiro. (Foto: William Guedes/Arquivo pessoal)

Técnicos da companhia distribuidora de energia Enel foram ao local para restabelecer a energia na cidade, que fica a cerca de 580 quilômetros de Fortaleza.

Reforço policial

A Polícia Militar reforçou a segurança na cidade após o ataque. Equipes das polícias Civil e Militar de Potengi e cidades vizinhas realizaram buscas durante a madrugada pela região, mas não conseguiram prender os envolvidos.

Conforme o Sindicato dos Bancários do Ceará, 49 ataques a instituições financeiras foram registradas neste ano. O crime mais recente havia acontecido no dia 20 deste mês, na cidade de Novo Oriente.

Segundo a polícia, uma quadrilha explodiu uma agência bancária e também roubou uma loja de eletrodoméstico. Na fuga, eles atiraram contra o destacamento policial e fez um segurança refém.

Agência do Banco do Brasil ficou destruída (Foto: Biana Alencar/TV Verdes Mares)
Agência do Banco do Brasil ficou destruída (Foto: Biana Alencar/TV Verdes Mares)