Adolescente é levada por 6 homens e estuprada a caminho de escola, diz polícia

Estudante de 15 anos conta que foi puxada para dentro de carro com violência e teria sido violentada entre 6h20 e 12h desta quinta-feira (16), na Zona Norte de Macapá.

193

Uma adolescente de 15 anos foi sequestrada e estuprada na manhã desta quinta-feira (16) quando ia estudar na Escola Estadual Professora Risalva Freitas do Amaral, no bairro Pantanal, Zona Norte de Macapá. Segundo relato da vítima à Delegacia de Repressão a Crimes Contra a Criança e o Adolescente (Dercca), ela pode ter sido violentada por, pelo menos, quatro horas.



A estudante contou que foi abordada por volta das 6h20 por seis homens que estavam dentro de um veículo de cor prata. A vítima relatou que foi puxada para dentro do veículo com violência. De lá, ela foi levada para um local desconhecido, e já desacordada, foi estuprada e espancada até às 12h.

A jovem foi deixada na fronteira entre os bairros Renascer 2 e Pantanal, onde foi socorrida por uma pessoa que passava pelo local e acionou a polícia. A vítima foi levada para a Dercca e de lá foi encaminhada para fazer exames clínicos, depois seguiu para a Polícia Técnico-Científíca (Politec) para fazer exame de corpo de delito e foi atendida no Hospital da Mulher Mãe Luzia.

“Ela chegou na delegacia muito machucada e abalada. Por isso foi encaminhada para fazer todos os tratamentos necessários. A audiência ficou marcada para amanhã [sexta-feira], porque ela estava muito abalada”, relatou a delegada Andreza Monteiro, que fez o atendimento a vítima.

De acordo com a delegada, a menina apresentava sinais de agressões físicas e os homens a teriam desacordado com algum mecanismo de asfixia, antes de a violentarem.

“Infelizmente esses casos estão ficando mais frequentes em Macapá, então é preciso que os pais fiquem mais alerta e tomem mais cuidado com as crianças. Temos informações da própria escola de que carros estranhos vêm rondando a instituição, em atitude suspeita”, alertou.